Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
17-08-2017 | 12:22
JOAÇABA28/08/2016 às 00:09

Mulher de 48 anos morre no Hust após cirurgia na perna

Mulher de 48 anos morre no Hust após cirurgia na perna
Foto:Familiares indignados na porta do Hospital

Uma mulher de 48 anos morreu na noite deste sábado (27) no Hospital Universitário Santa Terezinha (Hust) após ter passado por uma cirurgia na perna esquerda. De acordo com familiares, Izabel Leontina Rezende da Silva deu entrada na sexta-feira para realizar o procedimento, no entanto, acabou tendo complicações e foi parar na UTI, onde teve uma parada cardiorrespiratória. 

O irmão da vítima, Sérgio Luiz Rezende, acredita que a morte tenha sido causada pelo medicamento aplicado no soro depois da cirurgia. “A cirurgia foi tranquila, era um procedimento simples, tanto que viríamos busca-la hoje, mas ficamos sabendo que depois de receber um medicamento ela passou mal e foi encaminhada para a UTI”.

Indignado com a situação, Sérgio foi à delegacia onde registrou um Boletim de Ocorrência afirmando que foi ministrado dipirona para sua irmã, mesmo o hospital tendo sido informado que ela era alérgica ao medicamento. “Eles alegaram que ela morreu de embolia pulmonar, mas queremos que o corpo passe por necropsia. No entanto, o IGP se recusou a fazer a perícia. Quer dizer, se a pessoa morre na rua eles fazem, mas se morre no hospital não pode? Ninguém pode morrer por erro médico”, questionou.

Sérgio informou na manhã deste domingo (28) que os plantonistas do IGP de Campos Novos colheram sangue de sua irmã para a perícia.

O Hospital ainda não se manifestou sobre o caso.     

Video
Comentários
Publicidade
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui