Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
25-03-2017 | 02:24
SAÚDE15/12/2016 às 20:00

Joaçaba poderá implantar Vigilância em Saúde do Trabalhador

Joaçaba poderá implantar Vigilância em Saúde do Trabalhador
Foto:Reunião do Conselho Municipal de Saúde

O município de Joaçaba poderá contar, a partir do próximo ano, com a Vigilância em Saúde do Trabalhador (VISAT). A informação foi confirmada pelo presidente do Conselho Municipal de Saúde, Jair Schüler. De acordo com ele, a proposta foi apresentada ao Conselho na última reunião e aprovada por unanimidade.

A criação da Vigilância em Saúde do Trabalhador vem sendo debatida desde 2009, quando foi criada a Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (CISTT), formada por diversas entidades representativas dos trabalhadores, empregadores, ensino e pesquisa e de saúde pública.

Coordenada pela assistente social do INSS, Marisa Magali Maieski Wames, a CISTT promoveu diversos debates sobre o assunto e já foram realizados cinco seminários para discutir a temática. “Como resultado do último seminário realizado em maio, surgiu uma moção para implantação da Vigilância em Saúde do Trabalhador (VISAT) no sistema de saúde em Joaçaba. A moção foi apresentada aos então candidatos a prefeito no município, que assinaram um compromisso pela sua implantação, caso eleitos”, lembrou Schüler.

Buscando aprofundar os conceitos sobre o tema e buscar subsídios sólidos para implantação da VISAT, a Comissão realizou uma reunião de capacitação com os coordenadores do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST) e da CISTT de Chapecó, Rodrigo Momoli e João Carlos Figueira, respectivamente. Após os esclarecimentos necessários, a proposta de implantação da VISAT foi enviada pela CISTT ao Conselho de Saúde, que a discutiu e deliberou pela sua implantação na reunião ordinária do último dia 1º de dezembro. Na mesma reunião foi aprovada a proposta da nova composição da CISTT, com ampliação de seus membros, contando agora com mais de 20 entidades componentes.

Com a aprovação do colegiado, o tema agora volta para a CISTT, que dará início à elaboração do Plano de Ação que deverá ser encaminhado para a Secretaria de Saúde e demais órgãos pertencentes ao Sistema Único de Saúde no município para discussão e posterior implementação.

“Creio que o processo ocorrerá de forma tranquila e não haverá nenhum problema para a sua implementação no serviço de saúde do município, tendo em vista que a proposta apresentada utilizará a rede já existente, necessitando apenas a reorganização dos serviços e a capacitação dos servidores para o atendimento com esse novo olhar”, finalizou o presidente.

A Vigilância em Saúde do Trabalhador (VISAT) é um dos componentes do Sistema Nacional de Vigilância em Saúde. Visa à promoção da saúde e a redução da morbimortalidade da população trabalhadora, por meio da integração de ações que intervenham nos agravos e seus determinantes decorrentes dos modelos de desenvolvimento e processos produtivos (Portaria GM/MS Nº 3.252/09).

 

Comentários
Publicidade
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui