Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
21-09-2017 | 05:40
CARNAVAL28/02/2017 às 22:00

Presidente da Liga diz a prefeito que carnaval tem que ser repensado

Presidente da Liga diz a prefeito que carnaval tem que ser repensado
Foto:Dihego na entrega de homenagem a Joaçaba

Ao final da apuração do carnaval de Joaçaba, o presidente da Liga das Escolas de Samba de Joaçaba e Herval d´Oeste, Dihego Joe Müller, falou rapidamente com o prefeito Dioclesio Ragnini. Na conversa, que foi presenciada pela imprensa, o presidente disse que é preciso planejar melhor o evento, e que a Liesjho seja transformada em uma empresa. “Não dá pra fazer da forma que está aí. Meu coração não vai aguentar, eu morro”, desabafou. O prefeito aproveitou a oportunidade para cobrar a prestação de contas do evento em 30 dias. “Quero fazer, tenho todos os custos do carnaval. Preciso apenas ver de que forma vamos tirar dinheiro para fazer os pagamentos”, respondeu Dihego.

Para o presidente, apesar das dificuldades encontradas para captar recursos (50% a menos e sem dinheiro do Governo do Estado), o evento foi grandioso. “Fizemos milagre. Ninguém sabe o quanto me humilhei para fazer as coisas”, revelou. “Chegar sem dinheiro e ter que montar uma estrutura de R$ 900 mil? As escolas também estão de parabéns por fazer um carnaval recebendo apenas R$ 200 mil da Prefeitura”, completou.

Nova forma de gestão

“A forma de gestão do carnaval tem que ser profissional, com captação de recurso, como uma empresa. Para se ter uma ideia, o evento acabou e não veio dinheiro, tá vindo amanhã. Temos bastante ideias para o próximo carnaval, mas primeiro é precisa repensar a forma junto com a população, que é o principal, pois de nada adianta continuarmos fazendo uma coisa se a população não gosta”.

Prestação de contas

O presidente afirma que a Liga tem na planilha tudo o que foi gasto, e que conseguirá cumprir o prazo dado pelo prefeito para fazer a prestação de contas. “O carnaval custou R$ 1,5 milhão, que vamos pagar com recursos da Lei Rouanet, que podem ser captados até 31 de julho. O Carnafolia é nossa menina dos olhos, é o que está sustentando o carnaval, da onde tiramos dinheiro para pagar. Tudo será feito com muita transparência, vou mostrar os numero exatos do que foi gasto neste carnaval”, garantiu.

Lei Rouanet

A Liga conseguiu a aprovação do projeto no final de 2016, devido a problemas na prestação de contas. “Graças ao deputado Jorginho Mello, que está sendo um pai para o carnaval, conseguimos aumentar o valor da captação com um projeto inédito, mas ele ficou diligenciado com três itens para comprovação: ingressos gratuitos, oficinas sociais das escolas e os valores das arquibancadas (preços populares). Em função da troca de governo em Brasília muitos documentos foram extraviados, foi isso que aconteceu. Mas temos empresários de Joaçaba nos ajudando a captar”.

Acompanhe a entrevista abaixo:

Video
Comentários
Publicidade
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui