Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
23-11-2017 | 08:31
REGIÃO11/11/2017 às 11:00

Dupla é condenada por homicídio em Capinzal

Dupla é condenada por homicídio em Capinzal
Foto:Rádio Capinzal

O Tribunal do Júri condenou nesta sexta-feira (10) a dupla acusada de tirar a vida de Jurandir Ferreira da Costa, de 36 anos. O crime aconteceu no dia 7 de maio deste ano, no Loteamento Lar Imóveis, em Capinzal.

A sessão foi presidida pelo juiz Daniel Radünz, que anunciou a sentença às 15h55min no Plenário da Câmara de Vereadores de Capinzal. Joel de Oliveira foi condenado a 12 anos de reclusão e João Pedro Thomé Furtado a 14 anos de prisão. Ambos deverão cumprir as penas em regime inicial fechado.

Atuou na acusação a promotora Caroline Regina Maresch e na defesa os advogados Diógenes Carvalho da Silva (João Pedro Thomé Furtado) e Juliane Perotoni (Joel de Oliveira).  

Relembre

Costa era natural de União da Vitória (PR) e estava em Capinzal há pouco mais de dois meses onde trabalhava no apanhe de aves. O reconhecimento do corpo foi feito pelo irmão, Valdevino Ferreira da Costa. Ele acredita que Jurandir não tinha desafetos na cidade. 

Conforme apurou as investigações, João Pedro Thomé Furtado era vizinho da vítima e faziam ingestão de bebida alcoólica (cachaça), quando chegou ao local Joel de Oliveira, que também passou a beber com eles.

Segundo a confissão de Oliveira, ele começou uma discussão com a vítima por conta de quem iria comprar a próxima garrafa de cachaça, vindo Jurandir duvidar de que ele teria coragem de matá-lo. Oliveira disse, ainda, que foi Furtado lhe entregou uma faca, sem que o ofendido percebesse, a qual ele usou para atingir o pescoço de Jurandir.

As investigações apontam que a vítima foi golpeada na entrada da casa e o corpo arrastado por cerca de quatro ou cinco metros além do imóvel. O corpo foi encontrado no dia seguinte ao lado das antigas casas da Zona do Baixo Meretrício (ZBM).

Fonte: Jardel Martinazzo/Rádio Capinzal

Comentários
Publicidade
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui