Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
17-10-2018 | 12:58
SAÚDE28/12/2017 às 13:30

Curso de Medicina desenvolve projeto voltado à saúde da Criança

Curso de Medicina desenvolve projeto voltado à saúde da Criança
Foto:Atendimento na Unidade Básica de Saúde

De agosto a novembro, 27 acadêmicos do Curso de Medicina da Unoesc desenvolveram em parceria com a Unidade Básica de Saúde do Bairro Nossa Senhora de Lourdes de Joaçaba, o projeto “Vivências integradas em Saúde Coletiva – Atenção integral à saúde da criança”. A atividade foi coordenada pela professora Mestre Bruna Kruczewski com a colaboração do Médico de Medicina da Família e Comunidade Erlo Lutz e da Enfermeira Ely Ane Carneiro Martins.

O projeto teve como foco de suas ações a atenção integral à saúde da criança, utilizando como estratégia de trabalho a união entre universidade, comunidade e serviço por meio da implementação de cuidados de promoção da saúde de crianças vinculadas à Unidade Básica de Saúde Nossa Senhora de Lourdes. As atividades desenvolvidas ao longo do projeto permitiram o acompanhamento do desenvolvimento infantil das crianças com a participação das famílias.

De acordo com a professora Bruna Kruczewski, o projeto, além de capacitar o estudante de medicina para o desenvolvimento de ações educativas e preventivas na área de saúde infantil teve como objetivo desenvolver um processo contínuo, que levasse à mudança positiva do comportamento das famílias envolvidas visando à proteção da saúde da criança.

— Cursos de graduação que contemplem projetos de extensão universitária oportunizam ao acadêmico aprimorar a sua formação. Na medida que o graduando se desenvolve no campo da Saúde Coletiva, ele valoriza o papel da família e das condições reais de vida da criança, e assim, compreende o seu próprio papel social e do médico na comunidade: o de promoção e proteção à saúde, e não apenas de intervenção na doença — destacou a professora.

Para os acadêmicos da sexta fase de medicina, a experiência foi enriquecedora.

— Conseguimos pôr em prática tudo o que aprendemos sobre a puericultura e acompanhamento da criança e conseguimos repassar de forma positiva para a sociedade que reside na extensão da Unidade de Saúde — afirmou a estudante Heloísa Jorge da Costa.

— Aprendemos toda anamnese, pesquisa de vacinação, intercorrências do parto, sono, alimentação, importância da amamentação, exame físico aparelho locomotor, aparelho respiratório, exame do abdômen, sistema cardiovascular, perímetros cefálicos e fontanelas, exame neurológico e desenvolvimento infantil, desenvolvimento da linguagem, altura e peso para a idade, suplementação com vitaminas e ferro entre outros itens — comentou a acadêmica, Daiane Cristina Hubert.

Os estudantes destacaram ainda, a oportunidade de atuar ajudando na promoção da saúde das crianças participantes.

— O projeto, me fez ver de outra maneira o atendimento pediátrico, que envolve o binômio mãe e criança, pude compreender de maneira mais profunda os medos destas mães, além de poder ajuda-las na ausência de conhecimento sobre seu próprio corpo e de seus filhos, facilitando a adesão ao aleitamento materno, reconhecimento de fatores de risco para infecções, cuidados com a higiene da criança, entre outros fatores — destacou a acadêmica Alessandra Carla de Oliveira.

— Do ponto de vista didático e clínico foi ótimo, mas, não só isso, pudemos gerar boa discussões a respeito dos problemas sociais da nossa comunidade, das dificuldades que os profissionais têm em fazer um atendimento que abrace o preconizado — finalizou o estudante Marcelo Luan Guaragni.

Fonte: Alessandra de Barros/Assessoria de Imprensa

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui