Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
12-12-2018 | 09:40
SAÚDE15/01/2018 às 06:40

UPA de Herval d’Oeste supera marca de 54 mil atendimentos em 2017

UPA de Herval d’Oeste supera marca de 54 mil atendimentos em 2017
Foto:Unidade de Pronto Atendimento é referência em toda a região

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Remi Alécio Mascarello, localizada em Herval d’Oeste, integra a rede de urgência e emergência da macro região do Meio Oeste Catarinense.  O principal objetivo desta Unidade é concentrar o atendimento aos pacientes menos graves, e também alguns de maior gravidade, para que os hospitais possam se dedicar àquelas situações em que haja risco iminente de morte. Neste sentido, a UPA continua com 100% de suas atividades e realizou um número expressivo de consultas no ano de 2017.

Somente no ano passado, foram realizados 54.799 atendimentos, ou seja, 15% a mais que em 2016. Em relação ao serviço prestado, foram atendidas pessoas de inúmeros municípios do país, haja vista ser um prestador de serviços do Sistema Único de Saúde que preza pela universalidade e integralidades da atenção.   De todos os atendimentos realizados 16 % fizeram Raio-x e 8% fizeram exames de análises clínicas.

Atendimentos pela classificação de risco

A UPA trabalha com a política de acolhimento e classificação de risco e atende de acordo com a necessidade de cada cidadão. Na entrada da Unidade, o paciente é avaliado por profissionais, que analisam os casos individualmente. Os que estão em estado mais grave são atendidos antes dos menos graves, independentemente da ordem de chegada. Reiterando a classificação de risco informamos que em 2017 tivemos 55,1 % dos atendimentos na cor “azul”, ou seja não urgente; 33,5 % na cor “verde” que significa pouco urgente; 10,9 % na cor “amarela” que significa urgência; e 0,5 % “vermelha” que significa emergência. Entendendo melhor: o vermelho é atendimento imediato; o amarelo passa na frente do verde e do azul e o verde passa na frente do azul.

Alto índice de resolubilidade

Neste mesmo período, a mencionada Unidade teve um índice muito bom de resolubilidade: 98,8 %, ou seja, quando o usuário chega à Unidade a equipe presta socorro, quando necessário, estabiliza o caso, realiza diagnóstico e encaminha para um estabelecimento de maior complexidade considerando a gravidade do caso. “Neste sentido que foram encaminhados somente 1,2 % dos casos que chegaram à Unidade e o restante resolvidos pela própria equipe, referenciando, quando imprescindível, às Estratégias Saúde da Família de origem do usuário”, afirmou Eugênia Bucco, diretora administrativa da UPA Herval d’Oeste.

Situação financeira

Durante o ano de 2017, diversas ações de melhora na condição financeira foram buscadas pela atual administração junto a municípios vizinhos. De acordo com as informações repassadas pelo prefeito em exercício, Mauro Martini, foram realizadas visitas nos municípios de Água Doce, Catanduvas e Ibicaré. Houve o comprometimento dos referidos municípios no repasse financeiro per capita para a manutenção financeira da Unidade de Pronto Atendimento. Outro fator relevante é o aumento que Joaçaba proporcionará de R$ 1,50 para R$ 2,00 per capita.

Investimentos para 2018

Neste ano, a expectativa da Gestão Administrativa da UPA é a troca do aparelho de Raio-x para um mais moderno e tecnológico. Além disso, faremos uma ampliação na recepção e reforma na Unidade, adequando novas salas às demandas que ajustará melhor acolhimento e humanização no atendimento à população. A pintura externa de toda a unidade também deverá ser licitada neste ano. “Estamos trabalhando de forma intensa para oferecer sempre um serviço de qualidade e eficaz para os nossos hervalenses e a região de abrangência. Por esse motivo, acreditamos que o ano de 2018 será ainda muito promissor com o apoio financeiro de mais municípios e a revitalização de alguns espaços de atendimento da nossa UPA”, afirmou o prefeito em exercício Mauro Martini. 

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui