Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
10-12-2018 | 11:19
SAÚDE13/06/2018 às 18:00

Vacina contra gripe é ampliada para novas faixas etárias em Joaçaba

Vacina contra gripe é ampliada para novas faixas etárias em Joaçaba
Foto:Imagem ilustrativa

A Secretaria de Saúde de Joaçaba ampliou as faixas etárias da vacinação contra a gripe para crianças de 5 a 9 anos de idade e adultos de 50 a 59 anos. A medida é uma recomendação da Secretaria Estadual de Saúde aos municípios e foi adotada em função da concentração de casos nessas idades. Até o momento, 5.318 pessoas já se imunizaram em Joaçaba, o que corresponde a uma cobertura de 83% da meta de cobertura estabelecida para o município.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, Joaçaba tem ainda disponível 800 doses da vacina contra a influenza. “A DIVE - SC recomenda que as vacinas devem ser aplicadas nos grupos prioritários que ainda não foram vacinados, buscando alcançar a meta de 90% de cobertura vacinal em todos os grupos prioritários, segunda dose para as crianças de seis meses a 5 anos de idade que receberam a dose este ano pela primeira vez, além das crianças de 5 a 9 anos de idade e adultos de 50 a 59 anos de idade. Mas vale ressaltar que o Joaçaba dispõe de 800 doses e estarão disponíveis até durarem o estoque”, afirmou Jacqueline Bortoli, responsável pela Vigilância Epidemiológica de Joaçaba.

A vacina contra a influenza permanece disponível no Posto Central, ESF Frei Bruno, ESF Nossa Senhora de Lurdes, ESF Santa Tereza, ESF Vila Pedrini e ESF Vila Remor. Para realizar a vacina é necessário o Cartão SUS, Carteira de Vacinação, algum comprovante profissional e/ou a autorização da instituição e aqueles que se enquadram com alguma comorbidade devem trazer o atestado médico especificando a indicação da vacina, excetos aos pacientes inscritos em programas como: diabéticos, hipertensos.

A vacina é destinada às pessoas com 60 anos ou mais, crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto) e portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. Além deste público, poderão ser imunizados contra a influenza, os trabalhadores da saúde, professores das escolas públicas e privadas, os povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medida socioeducativas e funcionários do sistema prisional.

Fonte: Marivania Carvalho da Silva/Assessoria de Imprensa

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui