Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
19-05-2019 | 03:23
POLÍTICA28/08/2018 às 11:30

Prefeito de Tangará se manifesta sobre expulsão do partido

Prefeito de Tangará se manifesta sobre expulsão do partido
Foto:Nadir e Merisio - Marcos Quint/Divulgação/ND Online

O prefeito de Tangará, Nadir Baú da Silva, se manifestou em nota nesta segunda-feira (27) sobre a posição do PR de expulsá-lo da sigla por infidelidade partidária. A decisão da executiva foi publicada no final de semana pela imprensa estadual, na qual o partido, através do presidente estadual Jorginho Mello, pede a desligamento do prefeito por ter anunciado apoio a chapa concorrente ao Governo do Estado.

NOTA OFICIAL

Venho, através desta, me manifestar acerca da informação que recebi na tarde deste domingo, dia 26, através da imprensa, sobre o pedido do presidente estadual do Partido da República (PR) e candidato ao Senado, Jorginho Mello, para que eu me desligue do partido a qual eu pertenço. Desejo, diante desta manifestação, esclarecer o seguinte:

1 – Até o presente momento, não fui oficialmente comunicado de tal decisão, sendo que a informação foi disseminada apenas por veículos de comunicação do Estado.

2 – A suposta decisão da executiva estadual, capitaneada por seu presidente, me deixa surpreso por entender que ofereci grande contribuição para o crescimento do PR na região Meio-Oeste e, principalmente, no município de Tangará, sendo eleito prefeito legitimamente pelo povo e empunhando as bandeiras republicanas em nossa caminhada.

3 – O município de Tangará vive um grande momento de sua história política, passando por uma renovação ética e moral na administração pública, patamar que foi alcançado através de nosso trabalho e também do nosso partido, para que o município avance em investimentos e na promoção da qualidade de vida de sua gente.

4 – Entendo que a motivação pela notícia ora recebida, seria minha adesão à candidatura de Gelson Merísio (PSD) ao Governo de Santa Catarina e não ao candidato Mauro Mariani (PMDB), este último, apoiado por Jorginho Mello. Neste contexto, estaria sendo preterido do partido que ajudei a construir e que dediquei os últimos anos da minha vida.

5 – É importante ressaltar que nunca fui consultado e nem convidado a participar de discussões sobre os encaminhamentos que levaram o PR a apoiar a candidatura emedebista neste pleito. A decisão para a composição foi feita de forma unilateral, sem a participação daqueles que promovem o crescimento do partido no dia a dia dos municípios.

6 – Não tenho, portanto, nenhuma participação na escolha deste apoio e, se consultado, teria me colocado totalmente contra esta aliança. É notório meu apreço pelo candidato do PSD, que possui em sua estrutura de campanha candidatos da chapa majoritária que sempre ajudaram Tangará em seus pleitos, especialmente, no repasse de emendas para atender as demandas da nossa gente.

7 – Reitero, através desta nota, meu profundo pesar pelo posicionamento da direção estadual do partido, que segue na contramão do que preconiza o alicerce da democracia que é a liberdade de escolha, pois sou um defensor dos atos republicanos.

8 – Dessa maneira, sigo com entusiasmo redobrado para trabalhar pelos tangaraenses, fazendo as escolhas que julgo serem as mais adequadas para os interesses da nossa população e para o futuro deste município. Ressalto que qualquer manifestação contrária a esta condição será sempre rechaçada por mim e pelos nossos companheiros de partido, que colocam Tangará em primeiro lugar e que priorizam o bem coletivo em detrimento dos interesses individuais.

Nadir Baú da Silva

Prefeito de Tangará

Tangará, 27 de agosto de 2018

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui