Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
25-05-2019 | 06:05
POLÍCIA07/02/2019 às 11:00

Preso em Joaçaba condenado pela morte de família de Ponte Serrada

Preso em Joaçaba condenado pela morte de família de Ponte Serrada
Foto:Julgamento aconteceu no dia 27 de setembro de 2018

A Polícia Civil cumpriu na manhã desta quinta-feira (7) mandado de prisão de Vanderlei Chaves, em Joaçaba. Vanderlei foi condenado em 2018 a oito anos e nove meses de prisão por ter causado a morte de três pessoas de uma família de Ponte Serrada em um acidente ocorrido no ano de 2012 na BR-282, em Joaçaba.

Embora o Ministério Público tenha pedido a prisão imediata após o julgamento, o juiz Márcio Umberto Bragáglia indeferiu na ocasião, e concedeu o direito ao réu de recorrer em liberdade, baseado em decisões do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, que afastaram a possibilidade da prisão.

O advogado de defesa Álvaro Xavier, explicou que a prisão se deve a manutenção da decisão pelo Tribunal de Justiça, pois há o entendimento que o réu deve cumprir a pena após a 2ª instância, como aconteceu no caso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Xavier está entrando com recurso no STJ (Superior Tribunal de Justiça) para a soltura de seu cliente. Caso não consiga reverter a decisão, vai aguardar a posição do STF (Supremo Tribunal Federal), que marcou para abril o julgamento das ações que tratam sobre a prisão após condenação em segunda instância.

Vanderlei Chaves foi condenado por quatro crimes: três homicídios simples e uma lesão corporal grave.

O acidente

Vanderlei conduzia um Ford Focus que atingiu um VW Golf de Ponte Serrada na BR-282, em Joaçaba. Com o impacto, o carro foi jogado para cima de um caminhão, vitimando fatalmente Adriana Tobias, Janice Stecanela e Marco Antônio Trindade. Letícia Aparecida Alves foi socorrida em estado grave.

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui