Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
22-07-2019 | 05:21
ESTADO11/07/2013 às 20:00

Manifestações foram pacíficas no estado

Manifestações foram pacíficas no estado
Foto:PRF/SC

As manifestações nas rodovias federais do Estado de Santa Catarina começaram logo pela manhã e se estenderam até o final da tarde. A PRF esteve presente com reforço policial em todos os pontos onde foram realizados os protestos.

A manifestação no km 233 da BR-116, em Correia Pinto, na praça de pedágio, iniciou às 10h e terminou às 14h. Estavam presentes membros do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra), Sindicatos de Trabalhadores de Correia Pinto e Lages e outras organizações. No auge do protesto foram registrados aproximadamente 1.500 manifestantes. As cancelas do pedágio foram liberadas durante toda a manifestação e não houve cobrança e a rodovia não foi interditada.

No km 117 da BR-101, em Itajaí, os protestos iniciaram às 15h20 com a participação de aproximadamente 500 pessoas. A rodovia foi totalmente interditada pelos manifestantes. Formaram-se filas de 1,5 km sentido norte e de 2,5 km sentido sul. A pista foi totalmente liberada as 15h45.

Em Laguna (Ponte Cabeçudas), no km 316 da BR-101, aproximadamente 700 manifestantes entre membros do MST, Forças Sindicais e a Federação dos Aposentados- FEAPESC fecharam a rodovia nos dois sentidos às 14h30 desta quinta-feira (11). A pista foi totalmente liberada as 16h20, formaram-se filas de 7 quilômetros nos dois sentidos.

Já no km 272 da BR-101 em Imbituba, a manifestação iniciou às 16h20 com a participação de aproximadamente 200 pessoas. A rodovia foi totalmente liberada às 17h. As manifestações protogonizadas por trabalhadores e pelo MST foram pacificas no estado.

 

Reivindicações: 

As principais reivindicações são pelo fim do fator previdenciário, pela redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais sem redução de salários, pela aceleração da reforma agrária e pela aplicação de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) na educação e de 10% do Orçamento da União para a saúde.

 


 


 

 

 

Fonte: PRF

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui