Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
15-09-2019 | 08:49
SAÚDE05/08/2019 às 16:00

Joaçaba oferece testes rápidos de HIV, Sífilis, Hepatite B E C

Joaçaba oferece testes rápidos de HIV, Sífilis, Hepatite B E C
Foto:Imagem ilustrativa

O município de Joaçaba, por meio da Secretaria de Saúde de Joaçaba, conta com o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), que é um serviço de saúde que, articulado aos demais serviços do Sistema Único de Saúde (SUS), representa uma estratégia importante na promoção da equidade de acesso ao aconselhamento e ao diagnóstico do HIV, das hepatites B e C e da sífilis.

Todas as unidades de Saúde de Joaçaba e o Centro de Testagem e Aconselhamento-CTA realizam os testes rápidos de HIV, SÍFILIS, HEPATITE B E C. O teste é sigiloso e é feito através de uma picada no dedo e com algumas gotas de sangue, entre 20 e 30 minutos, se tem o resultado.

Em qualquer dúvida, procure o Centro de Testagem e Aconselhamento- CTA, localizado junto ao prédio da Secretaria de Saúde, situado na Avenida XV de Novembro, no horário de atendimento das 07h30 às 11h30 e das 13h às 17h e realize o teste.

Sobre as Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST)

As Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) são causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos. São transmitidas, principalmente, por meio do contato sexual (oral, vaginal, anal) sem o uso de camisinha masculina ou feminina, com uma pessoa que esteja infectada. A transmissão de uma IST pode acontecer, ainda, da mãe para a criança durante a gestação, o parto ou a amamentação.

O uso da camisinha (masculina ou feminina) em todas as relações sexuais (orais, anais e vaginais) é o método mais eficaz para evitar a transmissão das IST, do HIV/aids e das hepatites virais B e C, além de prevenir também contra uma gravidez indesejada. A camisinha masculina ou feminina pode ser retirada gratuitamente nas unidades de saúde.

Quem tem relação sexual desprotegida pode contrair uma IST. Não importa idade, estado civil, classe social, identidade de gênero, orientação sexual, credo ou religião. A pessoa pode estar aparentemente saudável, mas pode estar infectada por uma infecção sexualmente transmissível.

O tratamento das pessoas com IST melhora a qualidade de vida e interrompe a cadeia de transmissão dessas infecções. O atendimento e o tratamento são gratuitos nos serviços de saúde do SUS.

Fonte: Marivania Carvalho da Silva/Assessoria de Comunicação

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui