Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
20-08-2019 | 01:04
ESTADO04/01/2013 às 08:01

SC registra redução no número de homicídios dolosos

Crimes ocorrem por arma de fogo, tendo como motivação a desavença e o tráfico de drogas
SC registra redução no número de homicídios dolosos
Foto:Divulgação

O número de homicídios dolosos - com intenção de matar - em Santa Catarina em 2012 teve uma redução de 4,08% no comparativo com 2011. Foram registrados no Estado, de 1º de janeiro a 31 de dezembro, 759 assassinatos contra 767 no mesmo período de 2011. A taxa de homicídio por grupo de 100 mil habitantes ficou em 11,6 mortos. As informações constam em documento organizado pelo Núcleo de Geoprocessamento e Estatísticas, da Diretoria de Informação e Inteligência da Secretaria da Segurança Pública (SSP), e entregue na manhã da quinta-feira, 3, ao secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba.

As cidades de Florianópolis e Joinville foram as que registraram o maior número de crimes: 57 na Capital e 63 em Joinville, números inferiores aos de 2011 (clique aqui e confira relatório dos homicídios em SC). O índice de resolução chegou a 52,61%. Santa Catarina registrou homicídio em 132 cidades, de um total de 293 municípios, sendo que em 54 delas ocorreu apenas um assassinato. Dos 759 assassinatos, 87,50% das vítimas são homens e 12,50% mulheres.

Os estudos e análises sobre homicídios em Santa Catarina confirmam que a maior parte dos crimes envolvem indivíduos com antecedentes criminais, seja na condição de suspeito, autor ou vítima. “O fenômeno da reincidência delitiva é fator preponderante para o aumento dos crimes de homicídios”, completa o secretário César Augusto Grubba.

Em paralelo correm outros fatores igualmente relevantes, tais como o uso e o tráfico de entorpecentes, sobretudo em decorrência da expansão desenfreada do consumo de crack. Há também outros motivos que contribuem para essa reincidência como, por exemplo, desagregação familiar, crescimento urbano desordenado, favelização, aumento populacional, baixa escolaridade e déficit habitacional.

Ainda de acordo com o documento, o crime de homicídio doloso em Santa Catarina é cometido, expressivamente, por arma de fogo, tendo como motivação a desavença e o tráfico de drogas e acontecem, em sua maioria, em via pública e de forma secundária na residência da vítima.

Os assassinatos ocorrem principalmente nos finais de semana. Para os policiais, a maior incidência de homicídios nesses dias se explica pelo consumo de drogas e álcool, que funcionam como desencadeadores de comportamentos violentos, bem como a presença das vítimas em suas casas. Os assassinatos acontecem com mais relevância no período compreendido entre 18 horas e meia-noite.

Fonte: SSP

Tags
Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui