Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
22-08-2019 | 11:27
EDUCAÇÃO13/06/2014 às 09:30

Pesquisadores do Mestrado em Educação capacitam professores da região

Pesquisadores do Mestrado em Educação capacitam professores da região
Foto:Curso aconteceu na Unoesc de Joaçaba

Cerca de 70 professores e gestores escolares de três escolas da região participaram de uma capacitação realizada entre segunda e terça-feira, na Unoesc Joaçaba. Os participantes eram profissionais que atuam nas escolas municipais Rotary Fritz Lucht, de Joaçaba, Irmão Miguel, de Concórdia, e Ângelo Anzolin, de Vargem Bonita. Essas escolas fazem parte da amostra de uma pesquisa desenvolvida pelo Mestrado em Educação que tem o objetivo de capacitar e acompanhar professores da educação básica na implementação de estratégias pedagógicas multi, inter e transdisciplinares.

O projeto é financiado pelo Programa Observatório da Educação, da Capes. Iniciou em 2013 e se estenderá até 2016, envolvendo, ao total, 18 escolas distribuídas desde o Meio-oeste até o Extremo-Oeste do Estado. Todas essas instituições também fazem parte de outro estudo do Mestrado em Educação financiado pelo Observatório, o qual é desenvolvido desde 2011 com o objetivo de avaliar as ações realizadas pelas redes e escolas públicas municipais para melhorar a qualidade educacional.

A respeito da nova pesquisa, o coordenador do projeto, professor Clênio Lago, diz que a finalidade é capacitar um conjunto de professores para que consigam desenvolver estratégias e ações que deem conta da questão da diversidade, da diferença e da crise de valores vivenciadas no ambiente escolar. A proposta também leva em consideração as dificuldades geradas pela fragmentação do ensino, que divide o aprendizado em inúmeras disciplinas e metodologias trabalhadas de forma isolada.

– A ideia é mostrar se é possível ou não fazer proposições pedagógicas que lidem com essa questão da fragmentação do conhecimento e da diversidade de saberes e de sujeitos – explica o professor.

Além do coordenador, o projeto envolve mais cinco professores do Mestrado, três mestrandos, seis professores da Educação Básica e seis estudantes de Licenciatura. Entre 2013 e o início deste ano, esse grupo trabalhou no estabelecimento de parcerias, no conhecimento dos planos municipais de educação, das realidades e dos projetos políticos pedagógicos das escolas da amostra. Desde maio, o estudo está na segunda fase, que é a capacitação e acompanhamento dos professores e gestores das escolas integrantes da pesquisa para que estes deem início à implementação de estratégias.

As duas primeiras capacitações ocorreram em maio, em São Miguel do Oeste e em Chapecó, com professores e gestores das escolas dessas regiões. Ainda neste mês, o grupo deve fechar este ciclo de trabalho, com a última capacitação, em Videira, também de modo regionalizado. Ao total, essas capacitações abrangerão aproximadamente 320 profissionais.

O acompanhamento das ações que serão implementadas nas escolas será feita de forma direta, com cada instituição. Daqui a um ano, todos os pesquisadores e professores participantes voltarão a se reunir regionalmente, para um processo de revisão das proposições e socialização das experiências registradas até então. Ao término do projeto, em 2016, os pesquisadores e participantes realizarão a socialização das experiências e dos estudos teóricos que forem gerados ao decorrer do desenvolvimento do projeto.

Fonte: Bruna Santos de Andrade/Unoesc

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui