Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
17-08-2019 | 02:47
SAÚDE05/03/2013 às 13:50

Santa Catarina registra menor índice de mortalidade infantil da última década

Santa Catarina registra menor índice de mortalidade infantil da última década
Foto:Divulgação

O índice de mortalidade infantil em Santa Catarina caiu de 15,3 bebês a cada mil nascidos vivos em 2002 para 10,6 em 2012. Juntamente com Paraná e Rio Grande do Sul, o estado alcança o melhor resultado regional no país. A habilitação no programa Rede Cegonha, do governo federal, ocorrida no mês de dezembro, vai possibilitar investimentos que devem contribuir para uma redução ainda maior da mortalidade. A meta da Secretaria de Saúde para 2013 é baixar a mortalidade infantil para um único dígito.

O secretário-adjunto de Saúde, Acélio Casagrande, avalia que a redução da mortalidade infantil foi possível devido à adoção de medidas como aumento da cobertura vacinal, aumento da cobertura pré-natal, promoção do aleitamento materno e ampliação dos serviços de saúde como a Estratégia de Saúde da Família (ESF). “Santa Catarina tem hoje uma cobertura de 80% na ESF, que é a maior do país”, destaca o secretário. Ele credita os bons resultados na diminuição da mortalidade infantil a esse trabalho de prevenção e acompanhamento das famílias.

Santa Catarina vai receber em 2013 recursos da ordem de R$ 52 milhões do governo federal para a Rede Cegonha. O programa tem foco no fortalecimento da atenção à gestante, ao parto, ao pós-parto e à criança de até 2 anos. “Os investimentos serão empregados na reestruturação das maternidades, na criação de leitos de UTI neonatal e na humanização do atendimento”, informa Casagrande.

A implementação do programa começou pelo Planalto Norte, Nordeste e Grande Florianópolis. Desde dezembro, estão disponíveis R$ 12 milhões para os municípios de Jaraguá do Sul, Joinville, Mafra, Florianópolis e São José, destinados ao custeio de leitos de UTI neonatal e tratamento de gestação de alto risco. Os hospitais contemplados são referência regional em maternidade e UTI neonatal, conforme justifica a Secretaria. Este ano a Rede Cegonha será levada também ao Sul catarinense e ao Planalto Serrano.


Fonte: AGÊNCIA AL

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui