Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
07-07-2020 | 09:24
GERAL28/12/2015 às 14:52

Comércio registra queda nas vendas de Natal em SC

Comércio registra queda nas vendas de Natal em SC
Foto:Imagem ilustrativa/Internet

Avaliação da Federação das CDLs de SC sobre as vendas do Natal 2015 registrou queda de 3,36% em relação ao mesmo período do ano anterior. “Tivemos um desempenho abaixo expectativa, apesar do esforço dos lojistas em manter o otimismo até os últimos momentos”, lamenta Ivan Tauffer, presidente da FCDL/SC. “O impacto foi maior no segmento de bens duráveis – eletroeletrônicos e móveis – no qual aferimos cerca de 10% de retração”, revelou Tauffer. “São produtos de maior custo e influenciados pela alta do dólar”, analisou o líder lojista.

No total, o SPC/SC (Serviço de Proteção ao Crédito) identificou uma redução de 20% no volume das consultas. O tíquete-médio ficou em torno de R$ 100, cerca de 20% abaixo de Natal passado. Os itens de vestuários e acessórios destoaram da média e tiveram desempenho favorável nas vendas, chegando a quase 5% quando comparado com 2014. “Predominaram os presentes úteis e de menor valor. As lojas deste setor recorreram com muita ênfase às promoções e isso gerou resultado positivo”, observou Ivan Tauffer.

Outros dois aspectos marcaram as vendas do último Natal: os consumidores tornaram a utilizar o cheque pré-datado para parcelar os pagamentos, em detrimento do cartão de crédito e dos carnês, e em algumas cidades, em função de influências sazonais, a variação foi mais aguda. Em Blumenau, por exemplo, as consultas caíram 22,52%, possivelmente motivada pela paralisação no transporte coletivo local. Índice semelhante foi registrado em Joinville (22,31%). Criciúma teve redução de 11,68% e Chapecó 8,56%. Florianópolis, no entanto, acusou leve crescimento nas consultas ao SPC, com 0,37% acima do ano passado. “O resultado da capital reflete o incremento turístico no varejo”, considerou Tauffer.

O presidente da FCDL/SC acredita que janeiro será um mês de recuperação nas vendas, com as costumeiras liquidações nas lojas de móveis e eletroeletrônicos, como também pela vinda de milhares de turistas estrangeiros ao Estado.

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui