Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
08-12-2019 | 07:18
GERAL28/12/2015 às 14:52

Comércio registra queda nas vendas de Natal em SC

Comércio registra queda nas vendas de Natal em SC
Foto:Imagem ilustrativa/Internet

Avaliação da Federação das CDLs de SC sobre as vendas do Natal 2015 registrou queda de 3,36% em relação ao mesmo período do ano anterior. “Tivemos um desempenho abaixo expectativa, apesar do esforço dos lojistas em manter o otimismo até os últimos momentos”, lamenta Ivan Tauffer, presidente da FCDL/SC. “O impacto foi maior no segmento de bens duráveis – eletroeletrônicos e móveis – no qual aferimos cerca de 10% de retração”, revelou Tauffer. “São produtos de maior custo e influenciados pela alta do dólar”, analisou o líder lojista.

No total, o SPC/SC (Serviço de Proteção ao Crédito) identificou uma redução de 20% no volume das consultas. O tíquete-médio ficou em torno de R$ 100, cerca de 20% abaixo de Natal passado. Os itens de vestuários e acessórios destoaram da média e tiveram desempenho favorável nas vendas, chegando a quase 5% quando comparado com 2014. “Predominaram os presentes úteis e de menor valor. As lojas deste setor recorreram com muita ênfase às promoções e isso gerou resultado positivo”, observou Ivan Tauffer.

Outros dois aspectos marcaram as vendas do último Natal: os consumidores tornaram a utilizar o cheque pré-datado para parcelar os pagamentos, em detrimento do cartão de crédito e dos carnês, e em algumas cidades, em função de influências sazonais, a variação foi mais aguda. Em Blumenau, por exemplo, as consultas caíram 22,52%, possivelmente motivada pela paralisação no transporte coletivo local. Índice semelhante foi registrado em Joinville (22,31%). Criciúma teve redução de 11,68% e Chapecó 8,56%. Florianópolis, no entanto, acusou leve crescimento nas consultas ao SPC, com 0,37% acima do ano passado. “O resultado da capital reflete o incremento turístico no varejo”, considerou Tauffer.

O presidente da FCDL/SC acredita que janeiro será um mês de recuperação nas vendas, com as costumeiras liquidações nas lojas de móveis e eletroeletrônicos, como também pela vinda de milhares de turistas estrangeiros ao Estado.

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui