Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
08-08-2020 | 03:28
CARNAVAL03/02/2016 às 01:00

Veja como foi o segundo dia de ensaios na Avenida do Samba

Veja como foi o segundo dia de ensaios na Avenida do Samba
Foto:Coreografias empolgaram o público

Aliança, Acadêmicos do Grande Vale e Vale Samba entraram na Avenida do Samba na noite desta terça-feira (2) para o segundo dia dos ensaios técnicos.

Exibindo coreografias das comissões de frente, mestres-salas e porta-bandeiras, passistas e baterias, as escolas não revelaram as surpresas que estão sendo reservadas para o desfile, apenas trabalharam a evolução na avenida para não cometer erros. O público compareceu novamente para prestigiar o trabalho das agremiações.

Para o carnavalesco da Aliança, Carlos Fett, os ensaios servem para acertar os detalhes e perder a tensão causada pelo nervosismo dos desfiles. “Esse primeiro contato com o público é muito importante para a gente”, definiu. De acordo com ele, a Aliança tem esse problema de evolução e precisa ajustar a comissão de frente e o primeiro casal para que não ser penalizada durante o desfile.

O carnavalesco da Acadêmicos, Jorge Zammoner, destacou que a escola caçula cresceu muito e está quase no nível das demais. “Agora é questão de ensaiar, de conseguir concretizar tudo que foi planejado para brigar pelo título”. Segundo Zammoner, a Acadêmicos está trabalhando para deixar a escola redonda para não surgirem imprevistos.

Já o presidente da Vale Samba, Hermes Bersaghi, ressaltou a garra e determinação de seus integrantes são elementos chaves para o desfile. “Comprovamos que a Vale Samba não está para brincadeira. O entusiasmo está no nosso sangue, é o que a gente sabe fazer”.  Para ele, os ensaios servem para quebrar a ansiedade, pois a avenida impressiona por conta do grande público, por isso a escola deve estar preparada.

O que as escolas vão levar para a avenida:

Aliança

A campeã do carnaval de 2015 a Aliança apresenta o enredo “A verde e branco é laranja” com samba enredo assinado por Gustavo Busetti. No enredo a criação do mundo, Noé, a aliança de Deus com os homens, a fruta preferida do profeta, a vinda do oriente, a primeira morada na Índia, a laranja como fonte de energia e vitamina. A laranja no mais popular prato brasileiro – a feijoada. A escola vai para a avenida com 1200 componentes, quatro carros alegóricos, dois quadripés e 16 alas.

Acadêmicos

A caçula do carnaval de Joaçaba apresentará ao público o enredo “Acadêmicos: nosso sonho, nossa paixão”. A proposta inicial era a de homenagear o deputado federal Jorginho Mello, mas por determinação do Ministério Público, a escola trocou o enredo faltando 30 dias para o desfile. A proposta agora é contar a história da própria escola com 1200 componentes e quatro grades alegorias.

Vale Samba

Com o enredo “Na mordida da maçã, a Vale vai enfeitiçar você”, a azul e branco fará uma viagem pela avenida do samba passando da arte à magia, do paraíso à umbanda, da música à saúde e da origem ao desconhecido, às transformações que ainda estão por vir. Fruto do pecado, dos deuses, do amor e do conhecimento, a maçã é testemunha de grandes histórias e encanta gerações. A azul e branco vai contar 1200 componentes, 17 alas, quatro carros e três tripés.

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui