Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
14-12-2019 | 06:11
REGIÃO15/06/2016 às 09:00

Câmara de Vereadores cassa mandato do prefeito de Tangará

Câmara de Vereadores cassa mandato do prefeito de Tangará
Foto:Helinton Paiva

O prefeito de Tangará, Euclides Cruz (PSD), teve seu mandato cassado pela Câmara de Vereadores na noite desta terça-feira (14) em sessão que durou aproximadamente sete horas.

No início da sessão foi lido integralmente o processo e o relatório final da Comissão Processante. “De mais a mais, o simples fato de estar envolvido, agindo omissivamente, não coibindo atos e ações de funcionários públicos que eventualmente tenham agido de forma ilegal, já configura a falta de decoro. Mas existe prova nos autos de que o prefeito recebeu valores de forma ilícita e imoral”, afirmou o relatório do vereador Cezar Augusto Comachio (DEM).

A defesa alegou fragilidade, incoerência e inverdade na delação premiada de um funcionário público do setor de obras, que declarou em seu depoimento a participação do prefeito Euclides Cruz na prática de atos ilícitos. Argumentou ainda a inexistência de provas para a aplicação da cassação, afirmando que o prefeito é inocente.

No entanto, a votação, nominal e aberta, encerrou com sete votos favoráveis à cassação e dois votos contra, dos vereadores Nilvo Antônio Dalla Costa (PP) e Silvino Alberti (PP).

Para a Câmara de Vereadores, o prefeito Euclides Cruz configurou infração político-administrativa denunciada, prevista no artigo 4º, inciso X, do Decreto-Lei n.º 201/67, por proceder de moto incompatível com a dignidade e o decoro do cargo que ocupa. 

A Justiça Eleitoral será oficiada sobre o processo de julgamento com o seu resultado final favorável à cassação.

Fonte: Bianca Bressan/Assessoria de Comunicação

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui