Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
26-05-2020 | 08:19
ESTADO10/12/2012 às 11:36

Defesa Civil Estadual e Ciram alertam para novo período de estiagem

Período quente e seco deve prevalecer nos próximos três meses
Defesa Civil Estadual e Ciram alertam para novo período de estiagem
Foto:Dilvulgação

Depois de três meses com chuvas pouco significas, sendo o mês de novembro especialmente seco, Santa Catarina deve enfrentar nos próximos três meses, mais um período quente e seco, conforme a previsão do Ciram/Epagri . A Secretaria de Estado da Defesa Civil alerta para a nova condição de estiagem, já configurada especialmente no Meio Oeste e Planalto Serrano.

De acordo com o Ciram/Epagri, a falta de chuva vem sendo percebida no Estado desde setembro, quando foram registrados índices pluviométricos abaixo do esperado em quase todas as regiões, com exceção do Litoral Sul. Em outubro os totais de chuva ficaram bem próximos da normalidade, com índices um pouco abaixo em algumas regiões e acima em outras. Em novembro a situação voltou a se agravar, quando a chuva foi mal distribuída e ficou muito abaixo do esperado em todo o Estado, sendo que em algumas áreas em torno de 90% abaixo. Destaque para os municípios de Caçador, Videira, Campos Novos e Lages, que registraram chuvas abaixo dos 20 mm.

Conforme o diretor de prevenção da Secretaria da Defesa Civil, Emerson Emerim, as avaliações mostram que, diferente do último período de estiagem, que teve inicio no extremo oeste catarinense, esse novo episódio está afetando inicialmente o planalto catarinense. “A Defesa Civil Estadual já está mobilizada e vai acompanhar a evolução desse possível novo desastre, e deve iniciar ações preventivas junto às prefeituras municipais e também reeditar as ações de assistência humanitária para a população, para que não falte água para consumo humano”, ressaltou Emerim.

A previsão indica que o próximo trimestre será de atenção especial, com risco de estiagem para alguns municípios, causando impactos na agricultura e prejudicando o abastecimento de água no Estado. Dezembro deve ter um número maior de dias secos e a chuva deve ficar abaixo do esperado. Em janeiro e fevereiro as chuvas ocorrem com maior frequência entre a tarde e noite. Temporais e granizo normais no trimestre são esperados, mas podem ser menos frequentes neste verão, que deverá ter temperaturas acima da média para os três meses.

Fonte: Defesa Civil

Tags
Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui