Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
23-10-2019 | 09:53
JOAÇABA28/08/2018 às 16:30

Inaugurado memorial em homenagem a Dr. Miguel Russowsky

Inaugurado memorial em homenagem a Dr. Miguel Russowsky
Foto:Familiares e autoridades prestigiaram o descerramento

Aconteceu na manhã do último domingo (26), em frente à Prefeitura, o descerramento do Memorial em homenagem ao Dr. Miguel Russowsky, que foi um dos pioneiros e grande colaborador para o desenvolvimento de Joaçaba. A solenidade, que contou com a presença da família do poeta e de autoridades, teve início com a execução do Hino do Município, seguido do descerramento do memorial e dos pronunciamentos do Dr. Miguel Igôr Russowsky, representando a família, da neta Andrea Russowsky, que citou de trovas e versos do poeta, encerrando com a fala do prefeito Dioclésio Ragnini.

A inauguração deste memorial fez parte da programação de aniversário dos 101 anos do município e foi um presente da família a cidade que acolheu e foi acolhida pelo patriarca dos Russowsky.

Natural de Santa Maria (RS), Dr. Miguel Kopstein Russowsky residiu em Joaçaba desde os 26 anos, onde foi figura importante para formação do município. Um dos primeiros médicos da cidade, foi fundador e diretor do Hospital São Miguel, um dos maiores da região, atuando como clínico e cirurgião geral, até 2006.

Como um homem de visão, era sócio da maior rede de cinemas do país, e em Joaçaba, dos Cinemas Avenida e Vitória. Foi responsável pela construção dos primeiros edifícios da cidade, empreendendo até o fim de sua vida, quando nos últimos anos investiu no ramo de hotelaria.

Destacou-se também, ao longo dos anos como exímio enxadrista, conquistando títulos a nível estadual. Mas foi na área da cultura que Dr. Miguel deixou sua marca no município. Sonetista por excelência e trovador dos mais fluentes, publicou vários livros, entre eles: Céu D’estrelas, O Julgamento de Tiradentes, O Segredo do Pântano, Poesias Melancólicas e outras poesias.

Também conquistou nove vezes primeiro prêmio em Sonetos, em concursos nacionais, e várias vezes em outras colocações e onze primeiros prêmios em concursos nacionais de poesias. Ocupou a Cadeira nº 28 da Academia Sul-Brasileira de Letras. Membro da UBT, da Casa do Poeta “Lampião de Gás”, do Movimento Poético, em São Paulo e outras Entidades Lítero-culturais, além de colaborador de jornais, revistas, como o Fanal, Estro, A Figueira, entre outros alternativos. Foi o autor da letra do Hino do Município de Joaçaba e, por isto tudo, tem o seu nome eternizado neste memorial.

Fonte: Marivania Carvalho da Silva/Assessoria de Comunicação

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui