Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
12-12-2019 | 01:39
EDUCAÇÃO24/09/2019 às 17:00

Professora defende tese de doutorado para banca internacional

Professora defende tese de doutorado para banca internacional
Foto:Gracielle Fin ao lado do seu coorientador professor Rudy José Nodari Júnior

No dia 11 de setembro ocorreu no Auditório da Saúde, no Campus 2 da Unoesc, a defesa da tese de doutorado da professora Gracielle Fin. Apresentada por vídeo conferência, a banca foi composta por professores da Universidad Miguel Hernández de Elche (UMH), Espanha, onde a tese foi desenvolvida. Entre eles se fizeram presentes o presidente de honra, o secretário geral e o sercretário executivo da International Human Motricity Network (IHMN), professor doutor Estelio Dantas, professor doutor Rudy José Nodari Júnior o e professor doutor Juan Antonio Moreno Murcia respectivamente. 

A tese foi desenvolvida em parceria com a Unoesc e a UMH por meio IHMN, que congrega 42 universidades de 22 países, e teve como tema central o estudo da relação entre os estilos interpessoais de apoio à autonomia e/ou estilo controlador do professor durante as aulas de Educação Física, e suas consequências mais decisivas para a prática.

Conforme explica o coorientador de Gracielle, professor doutor Rudy José Nodari Júnior, a tese foi apresentada por compêndio, ou seja, foi preciso que os trabalhos produzidos durante os anos de doutorado fossem publicados em revistas, com qualificação determinada pela universidade, assim foram publicados seis artigos antes da apresentação e defesa na banca.

— Isso é um fato inédito tanto para a Unoesc quanto para a UMH, e demostra a competência da professora, nos honra muito, saber que uma professora desse nível acadêmico, faz parte do nosso quadro de colaboradores — enfatiza o professor.

Gracielle conta que a ideia de escrever sobre o tema surgiu da participação de um Congresso da IHMN realizado no Chile, no ano de 2014, quando o professor doutor Juan Antonio Moreno Murcia proferiu uma palestra sobre a Teoria da Autodeterminação no contexto da Educação Física. A partir daí, com a mediação do professor doutor Rudy José Nodari Júnior, o tema de pesquisa foi sendo desenhado desde o Mestrado em Biociências e Saúde, realizado na Unoesc no ano 2015.

— O processo de construção desta tese foi um momento importante de crescimento pessoal e profissional. Estudar a motivação é um processo complexo, e quando se fala em exercício físico existem muitos fatores que podem influenciar. A importância destas pesquisas, estão justamente em compreender melhor os aspectos relacionados à motivação para a prática da Educação Física — acrescenta a doutora.

A doutora professora Gracielle, ainda acrescenta que a oportunidade de realizar o doutorado no exterior ressalta o trabalho de pesquisa da Unoesc no cenário internacional. Este processo reflete o avanço significativo da cooperação e mobilidade acadêmica da universidade.

— Esperamos que muitas outras portas sejam abertas por meio da Unoesc, e da International Human Motricity Network, para que outros profissionais também possam ter estas experiências — finaliza Gracielle.

Fonte: Adriano França/Assessoria de Imprensa

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui