Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
12-08-2020 | 09:11
POLÍCIA10/07/2020 às 15:00

Polícia Civil de Herval descarta tentativa de homicídio com arma de fogo

A Polícia Civil de Herval d´Oeste descartou o crime de tentativa de homicídio com disparos de arma de fogo que teria ocorrido no município no final da manhã desta quinta-feira (9).

A vítima acionou a Polícia Militar afirmando que estava trabalhando na Rua Santos Dumont, proximidades da UPA, quando foi surpreendia pelo ex-sogro, acompanhado de outro indivíduo.

Segundo o boletim registrado pela PM, o rapaz disse que se escondeu atrás de um outdoor após ter sido empurrado pelo homem, e que teve que correr para um posto de combustível após ouvir disparos de arma de fogo. Ele também relatou que o ex-sogro teria efetuado um disparo em sua direção durante a fuga.

No entanto, os investigadores estiveram no local e não encontraram marcas dos projéteis, além de ouvirem testemunhas que negaram os disparos. Diante das informações, a Polícia Civil instaurou um Termo Circunstanciado apurar o crime de ameaça e emitiu uma nota para esclarecer o fato.

Nota à imprensa

A Polícia Civil, através da Delegacia de Herval d’Oeste, informa que não há qualquer indício de que tenha havido disparos de arma de fogo, como se tem noticiado. Segundo as apurações preliminares, um jovem de 22 anos foi atendido pela Polícia Militar por volta de 11h32 e no BO da PM consta que um ex-sogro do jovem teria desferido disparos de arma de fogo na direção do comunicante. Policiais civis estiveram no local e não encontraram marcas dos projéteis, testemunhas foram ouvidas e negaram disparos de arma de fogo, uma delas disse que o agressor (ex-sogro) pisou em um outdoor caído, causando um barulho que a vítima assimilou como disparos de arma de fogo.

Dessa forma, as investigações já avançadas apontam que o jovem ficou assustado ao se desentender com o ex-sogro e empreendeu fuga, tendo ouvido algum barulho que o fez noticiar aos policiais militares que fossem disparos de arma de fogo, porém, não há no registro qualquer elemento que faça crer em tentativa de homicídio. Outrossim, foi instaurado um Termo Circunstanciado para apurar crime ameaça (art. 147 do Código Penal) do ex-sogro, mas que nem de longe beirou a gravidade dos fatos que têm sido noticiados como ocorridos nas proximidades da UPA de Herval d’Oeste.

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui