Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
06-08-2020 | 09:18
JOAÇABA22/01/2014 às 23:00

Novo terminal rodoviário é inaugurado pelo governador em Joaçaba

Colombo entrega recursos para o Acesso Adolfo Ziguelli e novas viaturas para a polícia
Novo terminal rodoviário é inaugurado pelo governador em Joaçaba
Foto:Memorial Horivil Zago inaugurado na oportunidade

“Tiro um grande penso de minhas costas”, desabafou em seu discurso o prefeito Rafael Laske no ato de inauguração do novo terminal rodoviário Horivil Zago na noite desta quarta-feira (22). “Muitos críticos falavam que os ônibus não conseguiriam entrar embaixo, ou teriam dificuldades, mas essas pessoas não estão aqui para ver essa rodoviária nova”, emendou ao falar que aprendeu ter paciência na vida pública com pessoas como Horivil, que foi homenageado com o nome do terminal, e também com o próprio governador Raimundo Colombo.

Laske destacou mais uma vez que Joaçaba vive um grande momento, pois na próxima sexta-feira será entregue a ordem de serviço para o início da revitalização do Acesso Adolfo Ziguelli, recursos que foram liberados através do Fundo de Apoio aos Municípios, assinado pelo governador durante o evento. “Também vamos entregar a ordem de serviço para pavimentação de 23 ruas, temos o Frigorífico Aurora novamente funcionando, investimentos do governo do estado no hospital, e vamos iniciar as obras do Parque Municipal” enumerou, agradecendo o apoio do governador.  

A inauguração da rodoviária foi marcada pela liberação de recursos para a revitalização do Acesso Adolfo Ziguelli. “As duas primeiras parcelas já estão no banco, podem pisar no acelerador”, cobrou o governador Raimundo Colombo, destacando que são investimentos estratégicos para o município que está localizado em um vale e precisa ter condições de mobilidade para o desenvolvimento e qualidade de vida. “Investimos em segurança e saúde, como é o caso do Hospital Universitário Santa Terezinha, que pretendemos entregar em abril a nova ala, onde já foram investidos mais de R$ 5 milhões”, ressaltou Colombo.

Sobre as 71 novas viaturas (Pálio Weekend, Logan, Duster, Fiesta e S10) que foram entregues para as polícias Civil, Militar e IGP da macrorregião Meio-Oeste, com investimentos que ultrapassam R$ 3,2 milhões por meio do Pacto por Santa Catarina, o governador apresentou dados. “Saiu na Folha de São Paulo, dados do IBGE, que Santa Catarina é o estado menos violento do Brasil. Devemos muito ao time que lidera a segurança pública”, enfatizou, mencionando o trabalho do secretário de segurança César Augusto Grubba. “Ele é um promotor de justiça sério, que está liderando essa revolução na segurança pública em Santa Catarina”, apontou. “Os investimentos que estamos fazendo é uma forma de reconhecer, tanto na questão salarial como equipamentos, o trabalho da nossa polícia. O veículo mais velho vai ter menos de três anos de uso. Nenhum estado do Brasil tem isso”, exaltou dizendo que este é apenas um lote, pois o governo estará entregado 1.700 viaturas em todo o estado.    

O novo terminal rodoviário não apenas leva o nome do empresário Horivil Zago, como também possui um memorial em sua homenagem, aprovado através de lei municipal de autoria do vereador Elói Hoffelder.

Júlio Cesar Zago, filho do homenageado, relatou na oportunidade o histórico do falecido pai, considerado o pioneiro dos transportes coletivos na região. De acordo com ele, Horivil "foi um homem a frente de seu tempo". Chegou à Joaçaba em 1938 aos 20 anos, vindo de Lagoa Vermelha (RS), para trabalhar na ferraria do tio Joaquim Zanardo. Teve seis filhos, foi pedreiro, carpinteiro, vendedor e motorista de caminhão. Em 1947 juntamente com seu sócio, implantou a União da Serra com primeira linha de ônibus de Joaçaba à Chapecó. Em pouco tempo a empresa expandiu com novas linhas no Oeste. Preocupado em integrar o Oeste com outras regiões mais desenvolvidas, implantou uma linha ligando Joaçaba à Curitiba e depois outras importantes ligações, tanto que Joaçaba chegou a ser conhecida como a capital do estado, pois da rodoviária de São Paulo partiam apenas três linhas para o sul do estado: SP à Curitiba; SP à Porto Alegre, e SP à Joaçaba. Vendeu o cotrole da empresa em 1962 à empresa Reunidas. Exerceu cargos em clubes de serviço, trouxe os primeiros sinais de rádio e TV para o Oeste, além de ser um dos fundadores do Hospital Santa Terezinha.  Liderou vários movimentos para melhorias na região sem nunca exercer caro público, mas trabalhou nos bastidores para que importantes obras fossem realizadas em Joaçaba e região. “Inegavelmente, deixou um legado extraordinário” resumiu Júlio agradecendo a lembrança em torno do nome do pai.  

 

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui