Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
30-05-2020 | 12:37
CULTURA17/02/2014 às 09:30

Sesc realiza em Joaçaba, Mostra Encontro com o Cinema Alemão

Programação gratuita traz obras cinematográficas influentes dos últimos quinze anos
Sesc realiza em Joaçaba, Mostra Encontro com o Cinema Alemão
Foto:Filme: "4 Dias Em Maio" (Divulgação)

O Sesc, em parceria com o Goethe Institut, realiza a Mostra Encontro com o Cinema Alemão, que traz um fragmento da safra de filmes produzidos no final do século 20 e início do século 21 no país. A programação especial é um desdobramento do ano da Alemanha no Brasil e acontece simultaneamente nas unidades do Sesc em Santa Catarina, de 20 a 27 de fevereiro, com entrada gratuita. Para compor a mostra, foram selecionados 10 filmes que configuram o recorte de um cinema articulado com as questões contemporâneas da sociedade ocidental e com dois temas de grande impacto na história do país: a Segunda Guerra Mundial e a vida na Alemanha Oriental com a unificação do país, revisitados por seus cineastas nas questões vivenciadas pelo homem comum.

Em cartaz, obras cinematográficas influentes dos últimos quinze anos, como “Adeus Lenin!” (2003), de Wolfgang Becker, uma valiosa contribuição para o cinema quando se trata da temática acerca da queda do muro de Berlim, ocorrida em 9 de novembro de 1989. Do mesmo diretor “A vida é um canteiro de obras” (1997) mostra uma sociedade movimentada pelo rock’n roll e pelas manifestações de rua. Em “Berlin is in Germany” (2001), de Hannes Stöhr, um homem só conhecia a Alemanha Oriental, mas ao sair da prisão é subitamente confrontado com uma nova Berlim unificada. “Sonnenallee” (1999), de Leander Haußmann, retrata de forma humorística a vida dos jovens na Berlim Oriental e nas zonas fronteiriças, em 1973.

A Segunda Guerra Mundial é o mote de “4 dias em maio” (2011), de Achim von Borries, uma história sobre o retorno da humanidade aos anos escuros, que narra os últimos quatro dias da batalha, quando todos soldados, soviéticos e alemães,  estão cansados de lutar. Um filme sobre perdão, respeito, preconceito, superação, amizade e amor.

Questões contemporâneas são abordadas em “Yella” (2007), de Christian Petzold, “Todos os outros” (2008), de Maren Ade, “O que permanece” (2012), de Hans-Christian Schmid e “Bem-vindo à Alemanha” (2010), em que a cineasta alemã Yasemin Samdereli conta em tom de comédia as dificuldades de integração dos filhos de imigrantes turcos na sociedade alemã. O filme fala sobre identidades que se transformam pouco a pouco, sobre a complexa questão da pátria de cada um.

Esse recorte proporciona conhecer, por intermédio da ficção, aspectos da vida cotidiana alemã, levando a refletir sobre uma infinidade de questões sociais e humanas, em detalhes normalmente esquecidos, apagados em filmes de mais fácil acesso. Ao trazer a produção cinematográfica contemporânea da Alemanha, a Mostra favorece o estudo e a discussão sobre as questões específicas da arte do cinema e, ao mesmo tempo, conhecer novos aspectos, novos olhares, sobre as questões do homem e da sociedade.

Confira a programação no Sesc Joaçaba:

Dia 20/02 - Filme: "A Vida É Um Canteiro De Obras" (Das Leben ist eine Baustelle) – 20h

Dia 21/02 - Filme: "Berlin Is In Germany" - 20h

Dia 22/02 - Filme: "Nenhum Lugar Para Ir" (Die Unberührbare) – 17h

Dia 22/02 - Filme: "Adeus Lenin!" (Good bye Lenin!) – 20h

Dia 23/02 - Filme: "Alameda Do Sol" (Sonnenallee) – 17h

Dia 23/02 - Filme: "4 Dias Em Maio" (4 Tage im Mai) – 20h

Dia 24/02 - Filme: "Yella" – 20h

Dia 25/02 - Filme: "Bem-Vindo à Alemanha" (Almanya) – 20h

Dia 26/02 - Filme: "Todos Os Outros" (Alle anderen) – 20h

Dia 27/02 - Filme: "O Que Permanece" (Was bleibt) – 20h

Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui