Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
15-08-2020 | 05:31
POLÍCIA25/03/2014 às 22:00

Polícia prende empresário suspeito de pedofilia em Joaçaba

Polícia prende empresário suspeito de pedofilia em Joaçaba
Foto:Chegada na delegacia

A DIC (Divisão e Investigação Criminal) de Joaçaba prendeu preventivamente no final da tarde desta terça-feira (25), L.F.C de 55 anos, por pedofilia. O indivíduo estava sendo monitorado pela polícia após ter sido visto apanhando exames de menores em um laboratório de outro município. Diante das evidências constatadas pelos agentes policiais, o juiz da Comarca expediu mandado de prisão e ele foi detido por volta das 18h30 quando estava em um supermercado da cidade.

Na busca em sua empresa a polícia encontrou um revolver calibre 38, farta munição, uma espingarda, além dos exames dos menores, dos quais três apresentam a doença.

De acordo com o delegado regional Ademir Tadeu de Oliveira, L.F.C. mantinha relações sexuais com inúmeros adolescentes que eram seduzidos com a promessa de trabalho em sua empresa. “É um dos crimes mais repugnantes que temos investigados aqui pelo número de pessoas envolvidas. Além do mais, ele transmitiu doença infectocontagiosa aos menores que foram submetidos a exames e os resultados omitidos dos pais”, revelou o delegado.

“Esse cidadão tem duas entradas no presídio regional por envolvimento em crimes sexuais. Por alguns dispositivos legais ele conseguiu se livrar, mas desta vez espero que ele fique por um longo tempo preso para refletir, ou se tratar desse distúrbio sexual” destacou Ademir Tadeu de Oliveira, acrescentando que o suspeito deve ser recolhido e tratado, retirado do convívio da sociedade.

Quatro adolescentes foram ouvidos pela polícia e confirmaram ter mantido relações sexuais com o investigado. Os exames encontrados na empresa serão analisados por técnicos parar apurar a gravidade da doença.

Segundo o delegado regional, os exames foram emitidos por dois laboratórios, pois ele procurou a contraprova. Ambos serão investigados pela Polícia.

Além da suspeita de envolvimento com menores, L.F.C. foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma.

Acompanha abaixo a entrevista com o delegado regional:

Video
Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui