Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
23-09-2020 | 09:07
JOAÇABA15/05/2014 às 20:00

Hospital convoca a imprensa para esclarecer atendimentos

Hospital convoca a imprensa para esclarecer atendimentos
Foto:Coletiva na manhã desta quinta-feira

A direção do Hust (Hospital Universitário Santa Terezinha) reuniu a imprensa na manhã desta quinta-feira (15), com o objetivo de esclarecer a população, através dos veículos de comunicação, sobre os direitos garantidos pela Constituição Federal, que atribui ao estado o dever da saúde do cidadão. “Circularam várias informações que intranquilizam a comunidade. Somos um órgão comunitário com características de público e de privado”, disse o diretor geral do hospital Adgar Bittencourt, ao informar que a instituição embora seja mantida pela Fundação do Oeste de Santa Catarina, tem gestão independente. “Como hospital filantrópico, temos obrigações e direitos”, acrescentou.

De acordo com Bittencourt, por lei 60% de todos os serviços prestados pelo hospital são destinados aos atendimentos pelo SUS (Sistema Único de Saúde). “Hoje o Hust trabalha com 76% de sua capacidade para o SUS, e a tendência é aumentar este percentual que é compensado através de verbas de incentivo e pagamento de pacotes de atividades”. Ainda segundo ele, dos 10 leitos da UTI, oito são destinados ao SUS, o que representa que 92% do atendimento na unidade é público. "Todas as atividades do hospital são auditadas a cada três meses pela gerência regional de saúde e representante dos secretários municipais de saúde".

O diretor geral afirmou também que diferentemente do que se comenta, não há reserva de mercado, pois o hospital quer atender a população como um todo. “Todos os pacientes são tratados da mesma forma. O acolhimento, dependendo do convênio, é o que modifica o atendimento. O SUS admite enfermaria, ou seja, até cinco pacientes podem ser abrigados no mesmo ambiente”, exemplificou Adgar.

A gerente regional de saúde Ivanice Peccin, participou da coletiva para explicar como funciona a Central de Regulação que entrou em vigor no último dia primeiro. “Antes o paciente ficava na dependência de um leito, pois o município era responsável pelo número de internações e dependia das cotas de AIH’S (Autorização de Internação Hospital) destinadas pelo Ministério da Saúde. Agora não existem mais limites, o médico assina a autorização e o paciente traz diretamente no hospital, que tem prazo de até 15 dias para viabilizar o leito. Isso agilizou o processo e ampliou o atendimento”, resumiu Ivanice.

Obras

Segundo Bittencourt, a revitalização que vai duplicar a capacidade do hospital iniciou há quatro anos. A construção da nova ala foi dividida em cinco etapas, faltando apenas o acabamento que deve estar pronto em no máximo 30 dias. “Estamos tendo dificuldades com os recursos que estão demorando, mas até agora o estado tem sido nosso grande parceiro e conseguimos basicamente concluir a obra civil”, informou ao revelar temer que o processo eleitoral atrase as verbas governamentais. Mesmo assim, a intenção é colocar o novo espaço em funcionamento até o final do ano.

A nova ala contempla uma cozinha totalmente nova com serviço de nutrição dietética, um andar dedicado à oncologia, o Hospital Dia para pequenas cirurgias que não envolvem internamento, um pavimento dedicado à saúde da mulher com maternidade, e mais três andares destinados ao internamento.

Acesso de visitantes ao hospital

O gerente operacional do hospital, Anderson Bezerra da Silva, informou que regras foram estabelecidas para melhor funcionamento do horário de visitas, das 16 às 20h. “Alguns visitantes estavam trazendo alimentos, remédios que o paciente tomava em casa, além de cobertores. Tivemos que impedir esta prática para evitar contaminação. O hospital dispõe de tudo o que o paciente precisa”, esclareceu. Quanto ao número de pessoas, disse que continua sendo duas pessoas por vez.

Confira na galeria algumas imagens da nova ala:

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui