Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 13/06/2024 | 00:06

Região

Comoção, dor e revolta marcam enterro de Policial Militar assassinado

Publicado em 04/08/2014 ás16:00

Oséias Inácio

Foto: Oséias Inácio

Comoção, dor e a revolta de amigos, parentes e policiais marcou o enterro do policial militar Jaison Carniel, 36 anos, que foi assassinado na madrugada do domingo (03) em Campos Novos. O sepultamento ocorreu por volta das 10h desta segunda-feira (04) no cemitério São João Batista.

Os disparos que vitimaram o policial ocorreram após uma discussão. Pelo menos três tiros foram efetuados, sendo que um deles acertou a cabeça.

O delegado Lucas Rosa, acredita que em decorrência da condição de policial, Jaison tenha adquirido inimigos. “Naquele dia eles olharam o policial de maneira ameaçadora e ele foi conversar com os elementos que deixaram o local e quando voltaram iniciaram uma nova discussão, até que um deles sacou a arma e atirou de surpresa”, contou o delegado.

Três elementos foram presos após fugirem do local do crime. A Polícia acredita que dentre eles estão o executor e os mentores. As imagens serão verificadas para apurar a participação de cada um. “Como havia uma desavença anterior, provavelmente eles voltaram com a disposição de cometer o crime”, informou Lucas Rosa.

“Fica uma sensação de pesar saber que um policial que estava trabalhando com bastante afinco na comunidade camponovense, venha a falecer de uma maneira tão covarde”, disse o delegado sobre o episódio. “A comunidade policial está muito triste com essa situação e vai trabalhar para responsabilizar os indivíduos, além de intensificar as ações para que esse tipo de ocorrência não volte a acontecer”.

Fonte: Oséias Inácio

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X