Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
23-09-2020 | 10:54
HERVAL D´OESTE07/01/2015 às 15:00

UPA 24h completa três meses com alto índice de resolutividade

UPA 24h completa três meses com alto índice de resolutividade
Foto:UPA 24h/Herval d´Oeste

Dados divulgados durante esta semana pela direção da Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA 24h), demonstram a alta resolutividade dos atendimentos, que chegou a 97,8% durante os 90 dias, desde a inauguração da unidade em setembro de 2014. Totalizando 8878 casos atendidos.

Do número de atendimentos, apenas 195 atendimentos foram encaminhados para outros estabelecimentos de saúde de maior complexidade, que fazem parte da rede de atenção as urgências emergências. Durante este período a média de atendimentos foi de 98 pessoas por dia.

A classificação de risco é feita através de cores que identificam gravidade do caso. Durante o período foram atendidos 4206 - 47,94 (não urgente / cor azul); 3519 - 39,6% (pouco urgente / cor verde); 1117 - 12,5% (urgente / cor amarelo) e 36 - 0,4 % (emergência / cor vermelho). Na UPA o paciente é estabilizado pelo clínico geral, que tem à disposição todo o equipamento de urgência. O paciente fica em observação, e dependendo de seu estado de saúde, é encaminhado a uma unidade de internação, no caso o HUST, ou outro hospital determinado pela Central de Regulação de leitos.  

Outro dado revelado pelo levantamento é que na contramão dos demais municípios, os pacientes da vizinha Joaçaba, vem aumentando consideravelmente os atendimentos na unidade. Já Herval d’ Oeste, que ainda soma a maioria dos atendimentos, vem reduzindo gradativamente. A maioria dos municípios já aderiram ao convênio com a UPA 24h e devem iniciar os repasses ainda neste mês.

O prefeito Nelson Guindani, recebeu os dados da diretora da UPA 24h, Eugênia Bucco na segunda-feira (05). Conforme o chefe do executivo, técnicos do Ministério da Saúde visitaram a unidade, que recebeu dois pareceres positivos. “Nos próximos dias o município deve começar a receber a destinação de recursos para a manutenção. Os recursos do Governo Federal são de R$ 100 mil mensais, com a qualificação, acrescendo em mais R$ 70 mil”, disse. Ainda sobre a destinação financeira dos municípios da região para o auxílio na manutenção UPA, Guindani explica estão sendo assinados os convênios, e outros municípios aprovando as leis nas câmaras municipais.

O valor inicial repassado por município será de R$ 1,50 por habitante. Segundo estimativas, a soma total dos repasses dos municípios é de de R$ 145 mil mensais, rateados entre as onze cidades. O valor é baseado em levantamento dos custos totais que recairão sobre os municípios e os repasses do Estado e União.

O prefeito Nelson Guindani ainda busca com Governo do Estado o auxílio financeiro para a Unidade, em cerca de R$ 85 mil. A obra recebeu recursos do Governo Federal de R$ 1,4 milhão por meio do Ministério da Saúde, enviado do Fundo Nacional da Saúde, ao Fundo Municipal de Saúde e teve R$ 280.848,68 de investimentos em recursos próprios. 

Fonte: Paula Patussi/Assessoria

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui