Apareceu aqui, virou notícia!
(49) 9111 4055
Previsão do Tempo
12-11-2019 | 06:37
ESTADO23/02/2013 às 08:45

Quatro frigoríficos catarinenses são habilitados a exportar para a China

Quatro frigoríficos catarinenses são habilitados a exportar para a China
Foto:Divulgação

Quatro frigoríficos de Santa Catarina, um de suínos e três de aves, foram habilitados a exportar para a China. Autoridades chinesas comunicaram a decisão nesta sexta-feira, 22. As aves poderão ser exportadas pelos frigoríficos Marfrig, em Forquilhinha e em Seara, e BRF Brasil Foods, em Videira. A Marfrig em Itapiranga, poderá exportar carne suína. Outros dois frigoríficos de aves foram autorizados no Brasil: um de São Paulo e outro do Mato Grosso do Sul.

O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, lembra que a Aurora Alimentos de Chapecó era o único frigorífico do Brasil que já exportava carne suína para a China. “A China é uma grande produtora de carne suína, mas também é o maior consumidor do produto. Estamos felizes com a aprovação de quatro frigoríficos catarinenses, isso mostra a qualidade de nossos produtos e o valor de nosso agronegócio”, afirma Rodrigues.

O secretário lembra que, para que o processo de exportação tenha início, o Brasil deverá enviar nos próximos dias a lista dos nomes dos veterinários oficiais encarregados de assinar o certificado sanitário emitido pelo estabelecimento exportador. Após as autoridades chinesas receberem o documento, anunciarão o início das exportações através de uma publicação no site oficial chinês - Administração Geral de Supervisão de Qualidade de Inspecção de Quarentena (AQSIQ).

Em 2012, Santa Catarina produziu 750 mil toneladas de carne suína e exportou 180 mil toneladas, sendo que o maior comprador foi a Rússia, responsável pela importação de 53 mil toneladas. A China é o maior produtor mundial, responsável por 103 milhões de toneladas, 50% do total produzido no mundo. A produção de carne de frango em Santa Catarina foi de aproximadamente 2,3 milhões de toneladas em 2012, sendo que exportou 1,02 milhão de toneladas, o que resultou numa receita cambial de US$ 2,2 bilhões.


Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários
Publicidade Caitá Supermercados
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui