Menu

Jornalismo (49) 99111-4055

Anuncie no Portal (49) 99117-4389

Previsão do Tempo 28/11/2021 | 05:42

Polícia

Novas imagens inocentam Grupo Safira de crime no Paraguai

Publicado em 19 de Maio de 2016 às12h00

Arquivo pessoal

Foto: Arquivo pessoal

O caso da morte da jovem Jessica Lovato de Oliveira, 19 anos, no Paraguai, tomou outro rumo nesta quarta-feira (18). Após as investigações apontarem a participação dos músicos do Grupo Safira, os investigadores informaram que a jovem abandonou o recinto, ao contrário do que apontavam as primeiras imagens divulgadas. A confirmação surgiu depois que a polícia teve acesso a uma nova série de imagens da Expo Santa Rita, evento no qual a banda se apresentou.

Inicialmente as imagens fornecidas pela organização revelavam que Jessica foi até o ônibus da banda para atender o tecladista Cleiton Raach, com quem se encontrou mais cedo no parque de diversões, e não mais retornou. O músico brasileiro admitiu ter estado com o jovem, mas alegou que a deixou por volta das 03h40min em frente à administração da Expo.

Diante das primeiras evidências, o promotor Erico Avalos afirmou que a jovem teria sido morta supostamente dentro do ônibus do grupo. Ele chegou a dizer que pediria a prisão e extradição dos músicos.

Agora fontes policiais relataram ao jornal paraguaio ABC Collor que a moça teria embarcado em uma motocicleta, ocupada por dois outros jovens, que seriam os autores do crime. Os suspeitos já foram identifcados pela polícia, que deve apresentar um relatório final sobre o que realmente aconteceu.

O crime

O crime ocorreu na madrugada do domingo (8), durante a realização da Expo Santa Rita. O corpo de Jéssica foi encontrado na manhã seguinte dentro de um bueiro, próximo à feira. Ela teria sido estrangulada e abusada sexualmente. 

Participe de nosso
Grupo no WhatsApp

Mais Acessadas

Farmácia de Plantão
Farmácia
Farmácia Júnior

Av. XV de Novembro, 377 - Centro, Joaçaba

Fone: (49) 3522-1787

Farmácia Júnior
X